Buscar
  • Laura Barbero

Os malefícios causados pelos piercings na boca

O uso piercing na cavidade oral, pode acarretar danos à saúde bucal e em alguns casos irreversíveis.


A colocação de piercing na boca é um procedimento invasivo que não é tão simples quanto parece. Não há regulamentação pela ANVISA sobre a formação dos profissionais que os aplicam e os procedimentos que devem ser seguidos, à exceção da norma regulamentadora dos locais de aplicação. Dessa maneira, o risco de transmissão de Hepatite C e D ou até mesmo do HIV, não pode ser completamente descartado.


Os efeitos colaterais imediatos podem ser: sangramento, inchaço, infecção, asfixia por deglutição. Para esses sintomas, a pessoa deve remover o piercing e receber tratamento profilático contra infecção com uso de antibiótico adequado, receitado por um médico ou cirurgião-dentista. Há casos também, mais raros, onde o paciente desenvolve alergia ao material de fabricação do piercing que, se não removido, pode desenvolver processos alérgicos graves.


𝗘𝗳𝗲𝗶𝘁𝗼𝘀 𝗰𝗼𝗹𝗮𝘁𝗲𝗿𝗮𝗶𝘀 𝗳𝘂𝘁𝘂𝗿𝗼𝘀


O mais comum é quebrar um dente. O piercing fica em atrito constante na alimentação, na ingestão de bebidas e fala, esbarrando nos dentes causando a abrasão, rachadura lascas de esmalte dentário, podendo ocorrer também inflamação ou necrose pulpar.

135 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo