Buscar
  • Buddy Bear Digital

PULPITE REVERSÍVEL E IRREVERSÍVEL: QUAL A DIFERENÇA?

Atualizado: Jun 2

A polpa dental é um tecido conjuntivo frouxo encontrado no interior da cavidade pulpar (câmara pulpar e canal radicular), contendo grande número de vasos sanguíneos, vasos linfáticos, fibras nervosas e células como os odontoblastos.


Quando ocorre uma inflamação da polpa, frente a um agente agressor (sendo ele físico, químico ou biológico), existe um aumento do volume do tecido pulpar, e consequentemente haverá uma maior compressão das fibras nervosas, causando dor.


A inflamação pulpar no seu estágio inicial, é denominada de Pulpite Reversível. Nesta condição a polpa sofre agressão de um agente patógeno, e quando o mesmo for removido tem condições de voltar ao estágio de normalidade. Clinicamente a polpa encontra-se viva, e o paciente apresenta dor provocada, localizada, aguda de curta duração, que passa rápido removendo o estímulo.


O prognóstico para as Pulpites Reversíveis mostra-se favorável. O tratamento indicado é o conservador, ou seja, a remoção do agente agressor ou proteção pulpar indireta ou direta.


Nas Pulpites Irreversíveis, a polpa encontra-se num estágio avançado da inflamação, onde apenas remover o agente patógeno não basta para cessar a dor, ou seja, a polpa não apresenta condições de voltar ao estado de normalidade após a remoção da causa.


Clinicamente a polpa encontra-se viva, e o paciente acusa dor aguda, espontânea, intensa, pulsátil; quando desencadeada, demora de segundos a minutos para aliviar. Analgésicos potentes não são capazes de aliviar a dor.


Quando a pulpite irreversível se encontra em estágio inicial, o paciente ainda pode conseguir localizar o dente, frente a uma resposta exacerbada ao teste de vitalidade pulpar, porém se a inflamação irreversível progride, a dor passa a ser difusa ou reflexa, podendo ser irradiada para outros dentes ou regiões da cabeça, sendo exacerbada pelo calor e aliviada com o frio.


Na pulpite irreversível é comum o paciente afirmar que a dor fica mais intensa à noite. Isso ocorre pelo fato de ao deitar-se, aumenta pressão interna pulpar.


O prognóstico neste caso mostra-se desfavorável, e o tratamento é radical, sendo indicado o tratamento endodôntico.

Radiograficamente as Pulpites Reversíveis e as Irreversíveis, apresentam-se com aspecto e espaço periodontal normal ou levemente aumentado, porém com lâmina dura normal.

12 visualizações

A CLINICA

Av. Pereira da Silva, 878

Jardim Santa Rosália Sorocaba-SP

18095-340

Phone NEGATIVO 001.png
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
Whats NEGATIVO 001.png

Horário:

Segunda-feira: 9h - 14h

Terça à Sexta-feira: 13h - 18h

CONTATO

© 2020 by Laura Barbero Endodontia. Proudly created por BuddyBearDigital